Inatel - Entrevista a Valter Gomes treinador do GF Azul e Ouro “ Todos os anos o nosso clube é visto como um candidato ao título”

29/10/2015

0 comentários
Inatel - Entrevista a Valter Gomes treinador do GF Azul e Ouro
“ Todos os anos o nosso clube é visto como um candidato ao título”

O Grupo Futebol Azul e Ouro, é uma das mais carismáticas equipas do campeonato de futebol do Inatel de Setúbal. Prestes a iniciar-se mais uma época desportiva, a equipa da Baixa da Banheira, concelho da Moita, mostra-se pronta para os desafios da época em que a fasquia é elevada dada a qualidade do plantel. Valter Gomes, vai cumprir a sua segunda época na qualidade de treinador ao serviço do clube onde jogou durante 14 temporadas. O DIÁRIO DA REGIÃO foi ao encontro do jovem técnico que nos concedeu a seguinte entrevista:

Como tem decorrido a pré-temporada?

A pré-temporada tem decorrido bem, dentro dos objectivos que tínhamos para a mesma. O mais negativo foram as inúmeras lesões que temos tido durante esta fase. Espero que todos os atletas lesionados recuperem rapidamente para poderem voltar a estar junto da equipa e alguns possam regressar aos seus trabalhos. Temos realizado alguns jogos de treino com equipas da Inatel e também da distrital, alguns têm corrido bem e outros nem por isso mas é para isso que servem as pré temporadas, errar e ter tempo para corrigir. Aproveito para agradecer a todos os treinadores das equipas que temos jogado em especial aos da distrital, que nos têm dado oportunidades de jogar com eles. Sem dúvida alguma aprendemos imenso com todos eles e isso ajuda-nos imenso a crescer como equipa...é de louvar a disponibilidade dessas equipas e dos seus treinadores em nos receberem

O plantel dá garantias de uma boa época?

Mais uma vez voltámos a perder imensos jogadores. Dos 26 da época passada apenas ficaram 12, em relação aos reforços até à data chegaram 10 novos jogadores. Este ano temos um plantel mais reduzido em relação ao da época anterior composto por 22 jogadores. Estamos a formar uma equipa praticamente nova mas tenho que enaltecer o empenho e a dedicação de todos eles. Temos um excelente espirito de grupo que cresce a cada dia onde todos os jogadores têm uma excelente relação entre eles. Uma verdadeira família. Olhando para tudo isto e juntando a qualidade que todos estes jogadores têm, acredito que estão reunidas todas as condições para fazer-mos um bom campeonato

Quais os objectivos para a época?

O principal objectivo passa por fazer melhor que a época passada. Nós olhamos jogo a jogo e temos vontade de vencer todos os jogos que disputamos. Às vezes não é possível, mas estar entre as primeiras 4 equipas do campeonato (meias-finais) esse é o nosso primeiro objectivo e depois de estar-mos lá logo se vê o que acontece. Sabemos que todos os anos olham para o Azul e Ouro como um candidato ao titulo.

Como analisas o futebol que se pratica no Inatel?

O futebol do Inatel cresce ano após ano. As equipas já não são compostas pelos tais "velhos e barrigudos" do passado muito pelo contrário, hoje a maioria das equipas é composta por muitos jovens que sobem dos juniores de vários clubes do nosso distrito e que não têm oportunidades de continuar a jogar nesses clubes e vem para o Inatel, onde muitos deles acabam depois por dar o salto para outros campeonatos. Também se nota um trabalho mais sério a nível dos clubes e da forma como encaram o campeonato, as equipas têm mais condições de trabalho e trabalha-se de forma muito séria. Posso dizer que no distrito de Setúbal, há 4 ou 5 equipas do Inatel que podiam disputar a 2.ª distrital e não tenho dúvidas que iam causar imensas surpresas. Só quem desconhece a realidade do campeonato pode ficar espantado com o que eu afirmo

Um incentivo?

Aos nossos sócios e amigos peço uma vez mais que continuem a apoiar este clube e estes jogadores, pois merecem tudo o que tem recebido de todos vós, e sem dúvida que temos muito orgulho em ter o vosso apoio e que tanto nos ajuda e nos motiva. Da nossa parte prometo que vamos fazer de tudo para continuar a dignificar e honrar o símbolo que carregamos ao peito, fazendo de cada jogo uma batalha e lutando pela vitória em todos eles…

Grupo Futebol Azul e Ouro 2015/2016
Presidente – Luís Rodrigues, Director Desportivo – Luís Silvestre

Equipa Técnica
Valter Gomes (treinador principal), João Chaves e Júlio Moreno (adjuntos)

Plantel
´
Guarda-Redes – Emanuel Mendes, Miguel Nobre, Mário Silva

Defesas – Miguel, David Pinto, Filipe Santos, Diogo Colaço, André Jerónimo, Lassana Mané, Gonçalo Paulista, Daniel Honório

Médios - Ricardo Almeida, Rui Ribeiro, Luís Barreto, Miguel Salvador, Fábio Marques, Sérgio Rodrigues /Daniel Honório

Avançados -  Wilson Nascimento, Sergiu Tasnicenco, Ruben Nóbrega, Ivanuel Nunes

JOÃO FERNANDES




Rugby – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão “ Jornada negativa para RV Moita e Vitória de Setúbal”

0 comentários
Rugby – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão
“ Jornada negativa para RV Moita e Vitória de Setúbal”

A 4.ª jornada da Fase Regular do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de Rugby, foi negativa para as duas equipas do distrito que saíram derrotas dos confrontos com os adversários da jornada. No Campo de Jogos do Gaio/Moita, o Rugby Vila da Moita sofreu a quarta derrota da época ao perder frente ao líder RC Montemor por 11-26. A equipa moitense acompanha o Caldas RC na cauda do pelotão. O Vitória de Setúbal que na jornada anterior tinha conseguido a sua primeira vitória no campeonato, foi derrotado pelo RC Santarém por 20-37. O jogo disputou-se em Santarém, por troca de campo. A equipa sadina ocupa a 6.ª posição na tabela classificativa.

Resultados: RV Moita 11-26 RC Montemor; CR Évora 66-7 Caldas RC; CR São Miguel 18-18 CR Técnico; Vitória Setúbal 20-37 RC Santarém; Sporting Rugby vs SL Benfica “B” (adiado).

Classificação: 1º RC Montemor - 19 pts; 2.º CR Técnico - 15 pts; 3º RC Santarém -14 pts; 4.º SL Benfica “B”- 13 pts (-1 jogo); 5.º CR Évora - 11 pts; 6.º V. Setúbal - 5 pontos; 7.º Sporting - 4 pts (-1 jogo); 8.º CR São Miguel - 4 pts; 9.º RV Moita - 2 pontos; 10.º Caldas RC – 2 pts.

Próxima Jornada (31/10/2015): SL Benfica “B” vs Vitória Setúbal; Sporting Rugby vs RV Moita; Caldas RC vs CR São Miguel; CR Técnico vs RC Montemor; Caldas RC vs CR Évora.

JF

Hóquei em Patins – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão – Zona Sul “GD Sesimbra empata e HCP Grândola volta a perder”

0 comentários
Hóquei em Patins – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão – Zona Sul
“GD Sesimbra empata e HCP Grândola volta a perder”

Disputou-se a 4.ª jornada da Zona Sul, do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de Hóquei em Patins. O GD Sesimbra, que na jornada anterior foi penalizado com uma derrota (0-10) por falta de comparência devido a um erro organizativo no jogo em casa frente à AD Oeiras, foi arrancar um empate a duas bolas no recinto do S. Alenquer. O HCP Grândola somou a sua segunda derrota consecutiva da época ao perder em casa frente à equipa da Biblioteca IR (2-5). Nas restantes partidas o destaque vai para a derrota do SL Benfica “B” no reduto do CA Campo de Ourique. As “águias” perderam assim a invencibilidade na prova.

Resultados da 4ª jornada: HCP Grândola 2-5 Biblioteca IR; S. Alenquer 2-2 GD Sesimbra; CA Campo Ourique 6-4 SL Benfica “B”; Marítimo SC 2-4 AA Coimbra; A Juventude Salesiana 5-3 HC “Os Tigres”; HC Sintra 8-1 UD Nafarros; AD Oeiras 4-1 SC Tomar

Próxima Jornada (31/10/2015): SL Benfica “B” vs HCP Grândola; GD Sesimbra vs SC Tomar; S. Alenquer vs CA Campo Ourique; Biblioteca IR vs Marítimo SC; AA Coimbra vs A Juventude Salesiana; HC “Os Tigres” vs HC Sintra; UD Nafarros vs AD Oeiras;

Hóquei em Patins – Campeonato Nacional da 3.ª Divisão – Zona Sul
“ Jornada negativa para HC Santiago, HC Vasco da Gama e CN Setubalense”

A 5.ª jornada da zona sul, do campeonato nacional da 3.ª divisão de Hóquei em Patins foi negativa para as três equipas do distrito. Em Santiago do Cacém, numa excelente e emotiva partida de hóquei, o HC Santiago perdeu pela margem mínima frente ao líder GRF Murches (3-4). Sorte idêntica tiveram o HC Vasco da Gama e o CN Setubalense. A equipa de Sines foi derrotada no recinto do CF Estremoz, e também por um golo de diferença (4-5) e a equipa de Setúbal foi ao Algarve perder com CD Boliqueime (2-5).
Resultados: CD Boliqueime 5-2 HC PDL; HC Santiago 3-4 GRF Murches; GDR "Os Lobinhos" 4-5 CP Beja; FC Castrense 1-6 Clube TAP Portugal; CF Estremoz 5-4 HC Vasco da Gama; GC Odivelas 1-4 Parede FC; AC Tojal 8-7 CN Setubalense. Folgou o GDS Cascais. 
Próxima Jornada (31/10/2015) – CP Beja vs HC Santiago; HC Vasco da Gama vs FC Castrense; HC PDL vs CN Setubalense; GDR Murches vs CD Boliqueime; Clube TAP vs GDR “Os Lobinhos”; Parede FC vs GDS Cascais; AC Tojal vs GC Odivelas. Folga o CP Estremoz.


JF       

Futsal – Campeonato Distrital de Juniores “ Indefectíveis vencem Fabril do Barreiro e mantém-se firmes no comando”

0 comentários
Futsal – Campeonato Distrital de Juniores
“ Indefectíveis vencem Fabril do Barreiro e mantém-se firmes no comando”

Os Indefectíveis venceram o Fabril do Barreiro por 4-2 em partida correspondente à 7.ª jornada do campeonato distrital de juniores de Futsal da AF Setúbal, disputada no Pavilhão José Afonso, em Alhos Vedros. Uma vitória justa que permitiu à equipa do concelho da Moita manter a liderança isolada do campeonato com dois pontos de vantagem sobre o duo Cariocas FC e Piedense. Nota de destaque para as goleadas conseguidas pelo FC S. Francisco, GD EB D. João I e Piedense. O único empate da jornada aconteceu no jogo que opôs a UDR Quinta do Conde ao SC Banheirense (3-3). O Laranjal é lanterna vermelha sem qualquer ponto conquistado até ao momento.

Resultados da 7ª Jornada: Acad. Bairro Miranda 1-7 Piedense; FC S. Francisco 12-1 Laranjal; Os Indefectíveis 4-2 Fabril Barreiro; Cova da Piedade 5-2 GDP Chão Duro; GD EB D. João I 10-1 Paivas; CA Santa Marta do Pinhal 6-8 Cariocas FC; UDR Quinta do Conde 3-3 SC Banheirense

Classificação: 1º Os Indefectíveis – 18 pts; 2º Cariocas FC – 16 pts; 3º Piedense -16 pts; 4º FCS. Francisco - 15 pts; 5º SC Banheirense – 15 pts; 6º GD EB D. João I – 15 pts; 7º Cova da Piedade – 13 pontos, 8º UDR Quinta do Conde – 13 pts; 9º CA Santa Marta do Pinhal – 7 pts; 10º Paivas – 6 pts; 11º Fabril Barreiro – 4 pt, 12º GDP Chão Duro -3 pts, 13º Acad Bº Miranda – 1 pt; 14º Laranjal – 0 pts.

Próxima Jornada (31/10/2015): Piedense vs UDR Quinta do Conde; Laranjal vs Acad. Bairro Miranda; Fabril Barreiro vs FC S. Francisco; GDP Chão Duro vs Os Indefectíveis; Paivas vs Cova da Piedade; Cariocas FC vs GD EB D. João I; SC Banheirense vs CA Santa Marta do Pinhal
JF      


Futebol – Campeonato da 1.ª Divisão Distrital “ Dérbi Alcochetense – Olímpico Montijo é um dos pratos fortes da 3.ª jornada”

0 comentários
Futebol – Campeonato da 1.ª Divisão Distrital
“ Dérbi Alcochetense – Olímpico Montijo é um dos pratos fortes da 3.ª jornada”

No próximo domingo, dia 01 de Novembro de 2015, às 15h00, o Estádio António Almeida Correia “Foni” em Alcochete, vai ser palco do dérbi entre o Grupo Desportivo Alcochete e o Clube Olímpico Montijo, um dos pratos fortes da 3.ª jornada do campeonato da 1.ª divisão distrital da AF de Setúbal. Um jogo entre vizinhos e “rivais”, que suscita grande interesse entre os adeptos das duas equipas e do público em geral. As duas equipas ainda não venceram para o campeonato. O GD Alcochete estreou-se com um empate caseiro frente ao Comércio e Indústria, e na jornada passada perdeu no terreno dos Pescadores da Costa da Caparica (1-2). O Olímpico Montijo ainda não ganhou mas ainda não perdeu. A formação montijense no jogo inaugural foi empatar a Grândola (3-3) e na 2.ª jornada empatou em casa com o GD Sesimbra (1-1). José Pedro, treinador da equipa verde e branca procura a primeira vitória na competição e simultaneamente encontrar o rumo que coloca o Alcochetense como um sério candidato ao título distrital. Olívio Cordeiro, treinador do Olímpico, sabe que a pressão de vencer está do lado do adversário e vai jogar com esse factor para contrariar a mais-valia do opositor e sair de Alcochete com um resultado positivo. Estão reunidos os condimentos para se assistir a uma emotiva partida de futebol, e no final que ganhe o melhor…


JF

Futebol Distrital – Equipas do concelho da Moita jogam em casa e são favoritas “ União Banheirense quer rectificar o mau resultado na Amora frente ao Almada”

0 comentários
Futebol Distrital – Equipas do concelho da Moita jogam em casa e são favoritas
“ União Banheirense  quer rectificar o mau resultado na Amora frente ao Almada”

No próximo domingo, dia 01 de Novembro de 2015, joga-se a 3.ª jornada dos campeonatos distritais de seniores da 1.ª e 2:ª divisão da AF de Setúbal. Na 1.ª distrital a equipa da União Banheirense recebe no Municipal do Vale da Amoreira (15:00) o Almada AC.A equipa do concelho da Moita vem de uma derrota expressiva sofrida na Amora (1-5). Rui Fonseca, treinador da U. Banheirense, por certo analisou e rectificou em conjunto com os seus jogadores os erros cometidos nessa partida, e vai querer rectificar esse mau resultado com uma vitória perante a sua massa associativa. O Almada perdeu na jornada inaugural, mas no passado domingo obteve uma tranquila vitória caseira frente à AD Quinta do Conde (3-0). Prevê-se um jogo equilibrado e bastante disputado de parte a parte em que o factor casa poderá jogar a favor da equipa da Baixa da Banheira.

UFC Moitense recebe o GD Lagameças em “casa” emprestada”

O União Futebol Clube Moitense entrou com o pé-direito no campeonato da 2.ª divisão distrital ao vencer no terreno do Palmelense por duas bolas a uma. A equipa de Nuno Paulino ao intervalo perdia por uma bola a zero mas na segunda metade da partida operou a reviravolta no marcador e saiu de Palmela com uma saborosa vitória. No próximo domingo recebe o GD Lagameças, equipa que contabilizou duas derrotas nas duas primeiras jornadas. O jogo terá lugar no Campo da Madalena, no Rosário (15h00) por motivos do Complexo Desportivo do Juncal estar a ser alvo de obras de colocação de um piso sintético no seu campo de futebol principal. Dada a proximidade entre a Moita e o Rosário, por certo os adeptos do emblema moitense não deixaram de acorrer em massa à “Madalena”, para ver e apoiar o seu clube. O Moitense vai querer presentear os seus adeptos com uma vitória.

JF

Futebol – Campeonato da 1.ª Divisão Distrital de Juniores “ Fabril Barreiro, Charneca da Caparica e Amora invictos”

0 comentários
Futebol – Campeonato da 1.ª Divisão Distrital de Juniores
“ Fabril Barreiro, Charneca da Caparica e Amora invictos”

Disputou-se a 3.ª jornada do campeonato da 1.ª divisão distrital de Juniores da AF de Setúbal. Uma jornada onde o Fabril do Barreiro, o Charneca da Caparica e o Amora venceram, e são as únicas equipas com o pleno de pontos conquistados nas três jornadas já realizadas. O Olímpico do Montijo perdeu os primeiros pontos no campeonato ao ceder um empate caseiro frente aos Pescadores da Costa da Caparica. Segunda vitória consecutiva para o Sesimbra, que venceu em Brejos de Azeitão. Nas sete (7) partidas realizadas foram apontados 25 golos.

Resultados da 3.ª Jornada: Olímpico Montijo 2-2 Pescadores; Arrentela 0-3 Charneca Caparica; Paio Pires 2-1 Alcochetense; Amora 2-1 Almada; Brejos de Azeitão 1-3 Sesimbra; AD Quinta do Conde 0-4 Fabril Barreiro; Vasco da Gama Sines 1-3 GC Corroios

Classificação: 1.º Fabril Barreiro, Charneca de Caparica e Amora - 9 pts; 4.º Olímpico Montijo - 7 pts; 5.º Sesimbra e Corroios - 6 pts; 7.º Pescadores (menos um jogo) - 4 pts; 8º Paio Pires - 3 pts; 9.º Alcochetense - 2 pts; 10.º Almada e Brejos de Azeitão - 1 pt; 12.º ADQC, Arrentela (menos um jogo) e V. Gama - 0 pts.

Próxima Jornada (31/10/2015): Charneca de Caparica vs Olímpico Montijo; Alcochetense vs Arrentela; Amora vs Paio Pires; Sesimbra vs Almada; Fabril vs Brejos de Azeitão; Corroios vs AD Quinta do Conde; Costa da Caparica vs Vasco da Gama


JF

Futebol Feminino – Entrevista a Ernesto Catarino treinador do Quintajense FC “ Excelente início de campeonato deve-se à atitude e vontade de vencer desta equipa”

0 comentários
Futebol Feminino – Entrevista a Ernesto Catarino treinador do Quintajense FC
“ Excelente início de campeonato deve-se à atitude e vontade de vencer desta equipa”

A equipa do Quintajense Futebol Clube está a realizar um excelente início de época no campeonato nacional promoção feminino. Com três partidas realizadas a equipa do concelho de Palmela ainda não perdeu (duas vitórias e um empate), ocupando a 3.ª posição com menos dois pontos que o duo da frente. Ernesto Catarino, de 61 anos de idade (28 dos quais dedicados ao futebol/futsal feminino) com vários títulos conquistados ao longo da sua carreira, é o treinador da formação do concelho de Palmela. Em entrevista ao DIÁRIO DA REGIÃO, deu-nos conta do actual momento da sua equipa e dos objectivos propostos para a época desportiva:

Excelente início de campeonato do Quintajense?

Início de campeonato realmente para além do que seria suposto, mas possível devido ao excelente trabalho deixado pelo Técnico anterior e por uma atitude e vontade de vencer desta equipa que me consegue surpreender todos os dias.

Quais foram os objectivos traçados para esta época?

Apesar de ser a resposta clássica, a verdade é que apenas podemos pensar "jogo a jogo", uma vez que esta equipa está a crescer, mas os adversários também não andam adormecidos certamente. Quanto aos objectivos de época, apenas podemos tentar ficar mais bem classificados do que na época anterior. Existem equipas que são as grandes favoritas (Estoril, CAC e Paio Pires) e nós apenas podemos pensar em atrapalhar um pouco. Obviamente que se surgir alguma oportunidade seja em que competição for, não vamos enjeitá-la.

Presença de atletas do Quintajense na selecção nacional sub-17?

O facto de ter algumas atletas em condições de servirem as diversas selecções (distritais e nacionais) é por si só um motivo de grande orgulho para todos os que contribuíram e contribuem de alguma forma para essa realidade. Atletas, técnicos, seccionistas e Direcção do Quintajense estão de parabéns pelo bom serviço que prestaram e continuam a prestar ao desenvolvimento do Futebol Feminino. Apenas fica o desejo de que esse apoio continue e que se traduza em novas chamadas a essas selecções.

Como analisa o estado do Futebol Feminino em Portugal?

Existe uma evolução francamente positiva especialmente no que diz respeito à formação de jovens atletas devido à maior atenção que a F.P.F tem dedicado ao futebol feminino. No entanto, falta a componente desporto escolar para que o desenvolvimento seja efectivo. Para além disso parece-me um pouco desadequada a criação de Academias de Futebol Feminino a partir dos 6 anos de idade que apenas têm como objectivo o lucro. A partir do momento em que se negue às crianças do sexo feminino o contacto e competição com crianças do sexo oposto (pelo menos até aos 13/14 anos) estamos a dar autênticos "tiros nos pés", na minha modesta opinião…

João Fernandes



Futebol – UFC Moitense prepara época desportiva 2015/2016 “ O treinador Nuno Paulino assume o objectivo de lutar pela subida de divisão”

25/09/2015

0 comentários
Futebol – UFC Moitense prepara época desportiva 2015/2016
“ O treinador Nuno Paulino assume o objectivo de lutar pela subida de divisão”

A equipa de seniores do União Futebol Clube Moitense iniciou os trabalhos de preparação com vista à participação no campeonato da 2.ª divisão distrital de futebol da AF de Setúbal – época 2015/2016, no início do mês de setembro. O clube manteve a aposta na continuidade do treinador Nuno Paulino, que assim se apresta para cumprir a sua 2.ª época no comando técnico do emblema da Vila da Moita. O DIÁRIO DA REGIÃO foi ao encontro de Nuno Paulino, que nos concedeu a seguinte entrevista:

Como estão a decorrer os trabalhos de pré-época?

Começámos os treinos no dia 1 de setembro ainda a meio gás por assim dizer, porque não entrando este ano na taca A.F.S por força das obras no nosso campo (colocação de piso sintético), ainda temos algum tempo ate ao início do campeonato (18 de Outubro). Iniciámos a pré-época com dois treinos semanais. Temos treinado no campo do Marítimo Rosarense que nos emprestou o campo e a quem agradecemos... O facto de ainda haver algumas indefinições em relação aos timings do campo, tem-nos complicado o planeamento da pré-época, e o agendamento de jogos de treino também está a ser difícil porque quase todas as equipas estão a disputar a Taça. Se tudo correr bem quando o campeonato começar não iremos jogar noutro campo que não seja no nosso…

O plantel já se encontra definido?

Felizmente que o plantel não sofreu a revolução do ano passado…ficaram quase todos os que convidamos a ficar, à excepção de dois que por motivos de trabalho não puderam continuar connosco. Ao todo ficaram cerca de 15 jogadores da época passada e entraram oito novos jogadores. Portanto até ao momento temos um plantel com 23 jogadores, embora em breve deva assinar mais um jogador para o ataque. Poderemos ainda inscrever mais um jogador caso represente uma clara mais-valia. Será para já com estes 24 jogadores que vamos trabalhar e depois durante o decorrer da época logo se verá da necessidade de se inscrever mais 1 ou 2 jogadores.

Constituição da equipa técnica?

A equipa técnica deste ano vai ser alargada, simplesmente porque alguns dos meus colegas têm trabalhos por turnos e horários um pouco complicados. Dessa forma optámos por jogar pelo seguro e introduzir mais alguns elementos, pessoas de valor que no momento estavam disponíveis para nos ajudar. Portanto, fiquei eu, o Bernardo Bravo da época passada e o estagiário Diogo Filipe. Entraram o Eduardo António, o Bruni Casimiro e o Yuri Chaves que será o treinador de guarda-redes.

Quais os objectivos do Moitense para a nova época desportiva?

Os objectivos passam como é óbvio por fazer mais e melhor que na época passada onde lutámos pela subida apesar de todas as dificuldades que tivemos ao longo da época. Obviamente que o objectivo passará por lutar pela subida, sabendo pela experiência dos anos que andamos cá no futebol, que para já ainda não lutamos com as mesmas armas de outras equipas que terão que ser consideradas favoritas à subida pelas condições que oferecem aos seus jogadores. Nós estamos agora com a colocação do sintético a dar um passo importante, mas não pagamos aos jogadores.

Quais os principais candidatos à subida de divisão?

Equipas como o Vasco da Gama que já tem uma estrutura montada há vários anos, com excelentes condições e algum dinheiro para oferecer aos jogadores, o Palmelense que desceu com o pelado mas já resolveu essa situação com a colocação de um piso sintético e que também paga qualquer coisa aos jogadores e o Oriental Dragon que para além de condições tem um projecto diferente e penso que pioneiro na margem sul. Estas equipas obviamente que têm de ser consideradas favoritas. Nós equipa técnica e direcção estamos satisfeitos com a qualidade do nosso plantel e iremos também com o sintético exigir uma qualidade de jogo diferente aos nossos jogadores e penso que se tivermos humildade, vontade de trabalhar e ambição, poderá ser que no final consigamos dar uma alegria aos Moitenses e contrariar o favoritismo dessas outras equipas...


João Fernandes

Futsal – UDR Quinta do Conde vai participar no campeonato nacional da 2.ª divisão “ O treinador Rogério Gaspar está confiante na qualidade da sua equipa”

0 comentários
Futsal – UDR Quinta do Conde vai participar no campeonato nacional da 2.ª divisão
“ O treinador Rogério Gaspar está confiante na qualidade da sua equipa”

A União Desportiva e Recreativa da Quinta do Conde foi o brilhante vencedor da edição 2014/2015 do campeonato distrital de futsal da AF de Setúbal. Com o título conquistado a equipa quintacondense ascendeu pela primeira vez no seu historial ao campeonato nacional da 2.ª divisão. Um dos grandes obreiros deste brilharete foi o treinador Rogério Gaspar, que acrescentou mais um título distrital ao seu palmarés. Em entrevista ao DIÁRIO DA REGIÃO Rogério Gaspar, perspectivou a nova época desportiva e dos desafios que se colocam à sua equipa na competição.

Qual o trajecto do Rogério Gaspar no futsal (clubes/títulos).
O meu trajecto no futsal iniciou-se na época de 2004/2005 quando recebi um convite da Direcção da Associação de Desenvolvimento da Quinta do Conde para criar uma equipa sénior de futsal. Participamos na extinta 2ª divisão distrital e logo no final dessa época conseguimos a subida de divisão devido a algumas desistências pois tínhamos terminado o campeonato num brilhante 4º lugar. Para uma equipa nova e com um treinador inexperiente, constituída igualmente por atletas sem experiencia de futsal foi um feito extraordinário. Depois de este início de carreira entendi que era fundamental tirar o curso de treinador e quase de seguida tirei o 1º e 2º nível. Relativamente ao desempenho da equipa sénior da ADQC tratou-se de um percurso em crescendo, que teve o seu ponto alto até então com o título de campeão distrital na época 2007/2008 e consequente subida à 3ª divisão nacional. Após uma época nos nacionais e como consequência de alguma inexperiência, acabamos por descer de novo aos distritais. Esta passagem foi efémera pois na época 2009/2010 a ADQC torna-se campeão distrital pela 2ª vez e regressa assim à 3ª divisão nacional, tendo-se por lá mantido durante quatro épocas consecutivas. Na época 2013/2014 entendi que devia sair e assim à 2ª jornada deixei o lugar de treinador da ADQC. De seguida recebi o convite da Associação de Futebol de Setúbal onde estive como Seleccionador Distrital nos torneios interassociações Sub 16 e Sub 18. Tratou-se de uma experiencia muito positiva que me permitiu conhecer a realidade da formação do futsal na Associação de Futebol de Setúbal, pois até a essa data a minha experiencia era unicamente na liderança de uma equipa sénior. No início da época 2014/2015 aceitei o convite que me foi endereçado pela Direcção da União Desportiva e Recreativa da Quinta do Conde, que tinha acabado de descer ao campeonato distrital devido à extinção da antiga 3ª divisão e que pretendia regressar às competições nacionais. Mais um desafio de recolocar uma equipa nos campeonatos nacionais e depois de uma época muito competitiva onde encontramos adversários de grande qualidade, conseguimos o nosso objectivo principal e conquistamos o título distrital, onde no meu caso particular foi o terceiro título de campeão distrital como treinador de futsal. Foi uma época em que registaram-se excelentes jogos, muito bem jogados, com equipas de muita qualidade e que muito dignificaram o futsal do nosso distrito.


A UDR Quinta do Conde está preparada para participar no nacional?

O nosso clube tem poucos sócios e que como muitas outras colectividades debate-se com grandes dificuldades financeiras e só com os apoios de algumas entidades e de alguns patrocinadores conseguiu-se reunir as condições mínimas para assegurar a participação no Campeonato Nacional da 2ª Divisão. Contudo não conseguimos competir com outros clubes nas condições que são oferecidas aos atletas, pelo que constituímos o plantel dentro das directrizes que nos foram dadas pela Direcção. Sabemos que vamos enfrentar uma competição muito forte com equipas a investirem fortemente na luta pela subida à 1ª Divisão, mas estamos convictos que os orçamentos não ganham jogos e acreditamos que a nossa equipa vai deixar a sua marca de qualidade na prova, dignificando o clube e a vila da Quinta do Conde. Nesta preparação logística para a competição devo destacar a disponibilidade fantástica dos nossos dirigentes Carlos Costa, Luís Valente, Alberto Correia e António Mendes, que tudo fazem para que nada nos falte.  

Objectivos para a época 2015/2016 (Campeonato e Taça) ?

O objectivo principal é a conquista dos três pontos semana após semana para atingir a melhor classificação possível. Como disse anteriormente estamos conscientes que existem equipas na nossa série que investiram fortemente para chegar aos dois primeiros lugares da prova e que dão acesso à fase final da subida à primeira divisão nacional, contudo parece-nos que vamos ter um campeonato muito forte e equilibrado e em que todas as equipas podem ganhar a qualquer outra e onde as longas viagens podem igualmente ser factor importante. A nossa equipa vai trabalhar todos os treinos para quando chegarmos aos jogos entrarmos em campo preparados para lutar pelos três pontos até ao limite das nossas capacidades. Os nossos jogadores estão fortemente comprometidos com o projecto e sabem que só um estando nos limites das suas capacidades individuais em prol do colectivo conseguiremos atingir os nossos objectivos. Relativamente à participação na Taça de Portugal, vamos lutar pela vitória em todos os jogos, mas não é claramente o nosso principal objectivo...

Está satisfeito com o plantel à sua disposição?

A constituição do plantel foi efectuada em conformidade com os parâmetros definidos pela direcção e até à presente data estou muito contente com o que tenho visto nos treinos e jogos de preparação que já efectuamos. A nossa prioridade passou por manter os jogadores mais utilizados na última época e desses apenas um por motivos pessoais acabou por não ficar connosco. Relativamente aos reforços fomos buscar jogadores que já conhecemos e num misto de experiencia e juventude, acreditamos que conseguimos constituir um plantel bastante equilibrado.

UDR Quinta do Conde 2015/2016

Plantel

Guarda-Redes: Luís Barradas, Zé Paulo (ex. júnior) e David (ex. Cova Piedade)
          Fixo: Tiago Alves, Serra (ex. Cova Piedade) e Fonseca (ex. Cova Piedade)
         Ala: Pinto, Dominguez, Russo, Wilson (ex. Laranjal), Janito (ex. ADQC) e Quaresma (ex. Cova Piedade)
         Pivot: Diogo, Jó e Valter (ex. Vale Cavala)

Equipa Técnica
Treinador – Rogério Gaspar
Adjuntos: Luís Valente, Paulo Couraceiro, João Almeida, Carlos Sardinha

J
OÃO FERNANDES


Relógio

Tempo Setúbal

Tempo Setúbal

Tempo Moita

Tempo Moita

Visitas

Futebol 1ª Divisão"Setúbal"

Mail

sportsetubal@gmail.com

Arquivo do blogue

SportSetúbal

Tecnologia do Blogger.

Mensagens populares

Seguidores